Tem um VILÃO na minha vida!

Refletindo…

Existe um VILÃO na minha vida, que quer me matar, que me consome aos poucos, e não posso fazer quase nada para me defender ou posso? O nome do meu maior inimigo é HIPOTIROIDISMO DE HASHIMOTO,  é uma doença autoimune, cuja principal característica é a inflamação da tireoide causada por um erro do sistema imunológico. Na tireoidite de Hashimoto, o organismo fabrica anticorpos contra as células da tireoide. Esses anticorpos provocam a destruição da glândula ou a redução da sua atividade, o que pode levar ao hipotireoidismo por carência na produção dos hormônios T3 e T4.

E meu “vilão” me tortura com vários sintomas, veja os mais frequentes:
* Cansaço;
* Depressão;
* Adinamia (falta de iniciativa);
* Pele seca e fria;
* Prisão de ventre;
* Diminuição da frequência cardíaca;
* Decréscimo da atividade cerebral;
* Voz mais grossa como a de um disco em baixa rotação;
* Mixedema (edema duro no pescoço);
* Diminuição do apetite;
* Sonolência;
* Reflexos mais vagarosos;
* Intolerância ao frio;
* Ganho de peso;
* Cãibras;
* Alterações menstruais e na potência e libido dos homens.
Com a progressão da doença, os sintomas se agravam. A pessoa se sente cada vez mais cansada e com menos energia. Pode apresentar, também, aumento no tamanho da tireoide e, consequentemente, a formação do bócio (“papo”).
Ainda não se sabe o que faz o organismo produzir anticorpos contra as células da tireoide. Existem hipóteses de que as infecções virais ou bacterianas, a exposição a certos medicamentos e ao iodo, partos e fatores genéticos estejam envolvidos nesse processo.
Como muitos sabem há vinte meses fiz uma redução de estômago para evitar o desenvolvimento da diabetes e a obesidade mórbida grau III que me acometia, consegui eliminar com esta, 40 kg, mas há três meses ganhei 7 kg, já eliminei 2 kg, ontem fui ao endocrinologista para mostrar uns exames e ela me falou que a taxa hormonal está muito baixa e isso é muito preocupante, e a ganha de peso é inevitável, fiquei desesperada! Mas o PIOR eu ainda iria ouvir, estou com anemia crônica, com déficit de vitamina D, o cálcio e cortisol estão baixo, não é a toa que ando super cansada, lenta, sonolenta, estressada e deprimida, e tudo isso não são consequências da bariátrica e sim do hipotiroidismo, segundo a minha endocrinologista, dia 27 deste mês irei ao meu cirurgião e saberei qual é a opinião do mesmo, já foi prescrito um tratamento que irei iniciar no início de março.
A minha endocrinologista pediu para não esquecer de tomar o Puran 175 mg, pois ela quer me monitorar durante três meses para ver se continua nesta dosagem ou se muda o tratamento, pois não dá mais para permitir que o VILÃO da minha existência continue a reinar, tenho que vencer esta batalha e logo!
E NUNCA mais descuidarei da minha saúde, sempre coloquei meu trabalho em primeiro lugar, ontem obtive a maior LIÇÃO da minha vida, eu sou em primeiro lugar, irei sempre a minha endocrinologista, a nutricionista, ao meu cirurgião, sempre que recomendado, voltarei a fazer uma atividade física, aliás meu ortopedista recomendou eu fazer uma hidroginástica, devido a minha coluna, pois além de tudo estou em crise de hérnia de disco e não posso descuidar também ( herança do sobrepeso).
Sei que irei vencer esta batalha e irei compartilhar com todos.
Tatiana Sampaio

Fontes: TIREOIDITE DE HASHIMOTO

Vinte meses depois…alerta!

tatianasampaioembusca

Na postagem de outrora os confessei que eu estava mega indisciplinada e que tinha parado de dar atenção a minha saúde, as idas ao cirurgião, a nutricionista e a minha endocrinologista, hoje estou sofrendo as consequências, estou com problemas de saúde, ando muito fraca e indisposta, há dois meses que tenho crises de dores na coluna e o pior ando super estressada.

Esta semana fiquei em alerta, decidi frear meu trabalho e cuidar mais de mim, sei que o financeiro vai ficar mais complicado, mas se eu adoecer mais, como ficará?

Comecei a semana agendando todos os meus médicos, fazendo exames, marcando a fisioterapia da coluna e procurando um lugar onde eu possa fazer hidroterapia aqui em Fortaleza, creio que não há hidroterapia aqui, meu ortopedista disse que me ajudaria muito.

Gente os aconselho novamente, não pensem em fazer uma bariátrica se não tiverem tempo para si, é sério, temos que ter tempo para nos alimentarmos direito, cuidar da saúde, fazer exercícios físicos, é muito sério, muita coisa muda e não podemos nos negligenciar, todo cuidado com si é pouco, tudo pela nossa saúde física e mental.

Os benefícios são vários, contudo os malefícios também, se não nos cuidarmos e nos respeitarmos.

Tatiana Sampaio